Eu recomendo · Filme · Gestação do coração · Livro

Livros e Filmes adultos

Olá!

Vamos à lista de livros e filmes adultos passados pela Assistente Social e Psicóloga da Vara da Infância?

FILMES

  • Kolya – uma lição de amor;
  • Annie;
  • O contador de histórias;
  • Um sonho possível;
  • O garota da bicicleta;
  • Ensinando a viver;
  • Juno;
  • A.I. Inteligência Artificial;
  • Um verão para toda vida;
  • Trilhos do destino;
  • O que esperar quando você está esperando.

LIVROS

  • Manual do pai adotivo – Autor: Sávio Bittencourt. Ed. Nota Bene;
  • 101 perguntas e respostas sobre Adoção – CeCIF (org). São Paulo: CeCI 2001;
  • Mitos e segredos sobre a origem da criança na família adotiva – Cynthia Ladvocat. Ed. Booklik Terra dos Homens. Rio de Janeiro, 2002;
  • Retrato em preto e branco. Manual prático para pais solteiros – Ângelo Pereira. Ed. Sumus Editorial, 2002;
  • Filhos adotivos pais adotados – Depoimento e histórias de escolhas – Lidia Weber.Editora Juruá;
  • Eduque com carinho – equilíbrio entre amor e limites – Lidia Weber. Editora Juruá, 2005;
  • Amor não tem cor – Giselda Laporta Nicolelois. Ed. FTD, 2002;
  • No bico da cegonha. História da adoção e da adoção internacional – Domingos de Abreu, Ed. Relume Dudará, 2002;
  • Casos e acasos da adoção – Maria José Barbosa de Gobbi, Ed. do autor, 2002;
  • Abandono e adoção: contribuições para uma cultura da adoção – Fernando Freire (org). Ed. ABTH, Curitiba, 2001;
  • Rede Solidária – Maria Teresa Maldonado. Ed. Moderna – São Paulo, 2001;
  • Adoção tardia. Da família sonhada à família possível – Marlizete Maldonado Vagas. Ed. casa do Psicólogo;
  • Compreendendo o filho adotivo – Luis Schettini Filho. Ed. Bagaço – PE;
  • Compreendendo o pai adotivo –  Luis Schettini Filho. Ed. Bagaço – PE;
  • Adoção: origem, segredo, revelação –  Luis Schettini Filho. Ed. Bagaço – PE;
  • Pais e filhos por adoção no Brasil – Lidia Weber. Ed. Juruá, PR;
  • Adoção: Uma história de espera e amor – Vera Regina Gomes. Ed. Juruá – Curitiba, 1998;
  • História da vida inteira – como transformar obstáculo em caminhos – Maria Teteza Maldonado. Ed. Integrare, 2006;
  • Para fazer uma adoção – Márcia Lopes. Ed. Edicon;
  • Os desafios da adoção no Brasil 1 – editora Terrra dos Homens;
  • Os desafios da adoção no Brasil 2 – editora Terrra dos Homens;
  • Aspectos psicológicos da adoção – Lidia Weber;
  • Laços de ternura – Lidia Weber;
  • Mães abandonadas: a entrega de um filho em adoção – Maria Antonieta Pisano Motta. Ed. Corte Editora;
  • Colocação familiar – editora Terra dos Homens;
  • Do abrigo à família – editora Terra dos Homens;
  • A criança adotiva e suas famílias – Nazir Hamad. Ed. Companhiade Freud;
  • Histórias de adoção: As mães 

    – Ana Amélia Macedo  Solange Diuna. Ed. Novana Editora.

Gente, é muito livro, né? rs Peço desculpas pela falta de algumas informações bibliográficas, mas a lista que me deram estava assim.

Bem, eu pretendo fazer algumas leituras e venho aqui fazer resenha, ok? Alguns livros eu já tenho e até já comentei aqui, deem uma olhada neste post!

Até mais, pessoal e Boa leitura!

Anúncios
Filme · Livro · Sem categoria

Livros e filmes infantis

Olá, pessoal!

Hoje vou apresentar a vocês a lista de filmes e livros infantis com o tema adoção que nos foi sugerido pela Assistente Social que acompanha nosso processo.

Filmes

  • Tarzan; Kung Fu Panda I e II; Meu Malvado Favorito; A Família do Futuro; Bernardo e Bianca; O Príncipe do Egito; Pollyanna; Stuart Little; Mogli – o menino lobo.

São todos filmes bem conhecidos e fáceis de encontrar.

Livros

  • Conta de novo – a história do dia em que nasci. Jane Lee Curtis. Ed. Salamandra.
  • O dia em que eu fiquei sabendo. Isabel Linhares. Ed. Salamandra
  • Camila e seus amigos. Aline de Petigny. Ed. Paulinas.
  • Então você chegou. Anette Hildebrandt. Ed. Companhia das Letras
  • O abraço de Antônio. Luciana Rigueira. Ed. Paulinas.
  • Uma dose de amor. Marly Aparecida G. Souto. Ed. Edicon.
  • A história de Ernesto. Merce Company. Ed. Paulinas.
  • O filho por adoção: um manual para crianças. Lidia Weber. Ed. Juruá.
  • A historinha bonitinha de Maria Estrelinha. Marcia Lopes. Ed. Edicon.
  • Diário ao contrário. Sonia Barros. Ed. Atual.
  • Bebê do coração. Thelma Laufer. Ed. Callis
  • O feliz encontro entre Pinoquio e Gepeto: uma história de adoção. Maria José Barbosa.
  • O livro da família. Toddy Parr. Ed. Panda Books.
  • Somos um do outro.  Toddy Parr. Ed. Panda Books.

 

Ufa! Eu encomendei o da Maria Estrelinha (R$ 13, 70 no site da Americanas) e o Bebê do Coração (R$ 18,00 em um Sebo).

Volto pra contar o que achei dos livrinhos!

E volto também para passar a vocês a lista de filmes e livros adultos. A lista é maior ainda, preparem-se.. rsrsrs.

Até mais, pessoal!

Eu recomendo · Filme · Resenha

Les Adoptés – Filme

Les adoptés (2011) Título original (Os adotados – minha tradução)
País França
Dirigido por Mélanie Laurent
Não sei o título em português, mas sei que tem disponível no Netflix.

Les Adoptés é um filme francês que trata da adoção de uma maneira muito comovente e, diria, completa. É um drama, drama mesmo. Chorei horrores. Mas a adoção em si é retratada de uma maneira bonita e bem sucedida.
O filme conta a história de uma família formada por mãe, duas filhas e um neto. Uma filha biológica, Lisa, que tem um filhinho, e uma filha adotiva, Marine. Essas duas irmãs moram juntas e juntas criam o menino. Então podemos perceber que a tia também adotou o menino, afetivamente. E vice-versa, pois a relação do menino com a tia também é de mãe-filho.
As irmãs têm uma relação muito íntima e são muito unidas até que um dia Marine se apaixona, deixando Lisa enciumada e ressentida. Drama e mais drama. Elas se afastam. Muito mais drama. Acontece um acidente que obriga Lisa a criar laços com o cunhado (Alex).

Eu recomendo este filme. Adorei a maneira sutil e verdadeira de tratar a adoção. Podem parar de ler se não quiserem saber o final!

*

PARE DE LER AGORA SE NÃO QUISER SABER O FINAL.

*

*

(SPOILER ALERT)

A partir do acidente os personagens se adotam. Achei muito bonito. O cunhado adota o garotinho que está sofrendo a ausência de sua tia. Marine e Alex aprendem a conviver e se unem em nome da pessoa que mais amam: Marine. E por fim, Lisa adota o filho de sua irmã. Sempre falo aqui de uma adoção no sentido afetivo.
O filme trata de forma muito atual a questão do lugar do afeto nas famílias, porque no final das contas é isso mesmo. Nós estamos sempre nos adotando, em diferentes níveis e de diferentes formas, mas é sempre a afetividade que define nossas relações, independente da genética.