Habilitação · Minha adoção · Nossa história · Sem categoria

Sobre a Renovação – Parte II

Oi, pessoas, tudo bom?

Finalmente consegui vir aqui contar as novidades da renovação da habilitação. No final de maio voltamos à Vara para dar entrada no processo. Além de entregar os documentos no cartório, também fomos conversar com a Assistente Social que acompanha nosso caso sobre a nossa situação.

A entrega dos documentos ocorreu tranquilamente. E então fomos conversar com a assistente social. Para nossa surpresa (e tristeza) era o último dia dela, ela se aposentou. É uma pena porque ela é uma profissional excelente e bem atenciosa.  Mas enfim, explicamos para ela o que havia acontecido e, primeiramente, ela perguntou se ainda queríamos adotar. Respondemos que sim. Então ela perguntou se nós achávamos que daríamos conta de receber uma criança agora. Meu coração apertou, mas a verdade é que não, não daríamos conta. Mal estou dando conta de mim, pra ser bem sincera. E foi essa nossa resposta: Não.

Então, como vamos proceder? Nosso processo vai ser desarquivado (como é de praxe nos casos de renovação), seremos chamados para novas entrevistas com assistente social e psicóloga e durante as entrevistas vamos contar mais uma vez o que está acontecendo, porque vai ser outro profissional. E então, vamos solicitar a suspensão da habilitação.

Como funciona a suspensão da habilitação? Basicamente a gente vai sair da fila temporariamente e depois quando estivermos prontos, a gente volta no mesmo “lugar” da fila. O interessante aqui é que a gente não vai pro final da fila e de certa maneira não perde tempo, porque a fila da adoção é formada com base no perfil escolhido, mas também considera a data do processo. E tendo o processo mais antigo, teremos prioridade. Deu pra entender?

A assistente social tranquilizou a gente, dizendo que isso é bem comum, afinal em dois anos de habilitação, muita coisa pode acontecer, casais se separam, tem outros filhos e pessoas, como eu, adoecem.

Quanto tempo dura a suspensão? Pelo tempo que a gente precisar. Mas caso passe de dois anos (Deus me livre) teremos que apresentar a documentação que possui validade novamente, ou seja, atestado médico e antecedentes criminais. E passar mais uma vez pelas entrevistas. Os mesmos procedimentos de uma renovação.

Nós não sabemos quanto tempo vamos ficar com a habilitação suspensa. O plano é voltar depois que eu tiver feito o transplante e me recuperado da cirurgia. Segundo o meu médico, não dá pra precisar quanto tempo vai durar a recuperação. É tudo muito incerto. Mas acho provável que demore mais um ano, pelo menos.

E como estou me sentindo com tudo isso? Na verdade, fiquei bastante aliviada de ter essa opção de suspender a habilitação, sem perder MUITO tempo. Tinha receio de ter de começar tudo de novo. Além disso, não tenho pensado tanto nisso, porque estou fazendo os exames do pré-transplante, fazendo o tratamento e lidando com os sintomas e com essa minha nova vida. E apesar dos medos e inseguranças, tenho fé de que nosso encontro vai acontecer. Não vou falar que não doeu quando a assistente social perguntou se caso tivesse uma criança para nós, se gostaríamos de receber a ligação e então negar ou se preferiríamos que já nos tirassem da fila. Preferimos sair da fila. Vai doer menos do que ter que dizer NÂO para uma criança. Mas dói mesmo assim.

Volto quando tiver novidades ( e disposição para escrever).

Até a próxima!

Cada dia mais perto.

Anúncios

6 comentários em “Sobre a Renovação – Parte II

  1. Dá um aperto no coração quando leio essa sua situação… Gostaria muito que você ficasse boa logo pra poder receber seu filhote. Vibrações positivas

    Curtir

  2. Olá!
    Comentei aqui há mt tempo. Não falo sempre, mas, passo sempre por aqui.

    Sinto muito por toda essa reviravolta na sua vida. Espero que esteja bem, da saúde física e mental!

    Circulo pelo mundo da adoção há alguns anos, e sempre tive muita certeza que nossos filhos são preparados exatamente para nós, e nós para eles. Independente de fé, de crença espiritual, eu sempre vi famílias se formando de uma forma que a ciência não consegue explicar. As vezes aparecem mts tribulações antes desse encontro, tanto na vida dos pais, quanto dos filhos, mas, qdo o encontro acontece percebemos que tinha que ser exatamente assim. Se tivesse acontecido antes, não seria aquela família, não seria tão perfeito.

    Já vi mt isso!
    E acredito mt que essa tbm será sua história.

    Qdo sua família se completar, vc entenderá pq teve que esperar esse tempo, pq tanta coisa apareceu para mudar os planos.
    Vc, seu marido, e sua criança, estão sendo preparados particulamente um para o outro. Essa suspensão deve ter um motivo.
    Um dia tudo isso fará sentido!

    Desculpa escrever demais rs

    Mt luz para vc!

    Curtir

    1. Fernanda, muito obrigada. Lindo seu comentário.
      E sabe que, mesmo sendo tão doloroso, eu também acredito nisso. Tenho que acreditar!
      Está escrito. Ele ou ela já é nosso filho(a), só não nos conhecemos ainda. rs.
      Abraços!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s