Gestação do coração · Minha adoção · Nossa história · Sem categoria

Treze e o plano B

No último post falei sobre os dados divulgados pelo CNJ do número de adoções realizadas ano passado através do CNA. E aqui no Rio de Janeiro foram 13 adoções. Uma amiga do blog, a Julia,  me atentou para a possibilidade de simplesmente estar errado, de não retratar a realidade. E é melhor acreditar nisso mesmo. rs.

Mas isso tudo levantou uma questão para mim que nunca sequer havia passado pela minha cabeça: quanto tempo estamos dispostos a esperar?

Agora me parece uma pergunta óbvia, mas nunca considerei a possibilidade de demorar uma quantidade absurda de anos. Eu confio no sistema. Sei que pra mim é fácil falar, sim, porque não tive problema nenhum até aqui, nada a reclamar da minha experiência. (Mas sei que a realidade por aí é diferente). Mas confiar no sistema significa também conhecê-lo, saber que com o meu perfil um ano é pouco, dois anos talvez também seja. Mas quanto tempo é muito? Quanto tempo é demais? Quanto tempo é demais para mim?

Levo muito a sério o que a psicóloga e assistente social me disseram: vai passar de dois anos e é muito provável que seja preciso renovar a habilitação. Porque acho que elas disseram isso com o intuito de serem realistas, mas não fiquei triste nem frustrada, porque eu já sabia, pra mim dois anos não é muito tempo. E aí coloquei na cabeça que vai passar de 2, mas vai ser antes de completar 4 anos. Sei que não é ciência exata, mas sempre acreditei nisso.

Mas pela primeira vez veio o receio: e se não vier em 4 anos, nem 5, nem 6… Até quando estou disposta a esperar? Também pela primeira vez pensei na possibilidade de um plano B. Se a adoção não der certo, o que fazer? Mudo o perfil? Tento engravidar? O que quero mesmo é ser mãe e não importa de que maneira isso aconteça.

Mas como vou saber que a adoção não deu certo? Alguma vez será que isso já aconteceu com alguém? Sei lá… É mais provável que eu esteja me preocupando à toa, né? Minha hora vai chegar… vai sim !

Vocês já pensaram sobre isso? Quanto tempo estão dispostas(os) a esperar? Acho isso bem subjetivo, para mim um ano é pouco, mas para outras pessoas, um ano é tempo demais.

Beijos e até mais!

“Cada dia mais perto.”

Anúncios

13 comentários em “Treze e o plano B

  1. Acho que tudo depende. Se a pessoa não pode engravidar, ela não tem outra opção a não ser esperar (mesmo que pro resto da vida). É o meu caso. Mas com o meu perfil hoje, eu conto que neste Natal eles já estejam comigo! É tipo um limite. Se passar disso não sei o que fazer porque nunca pensei nesta opção.
    Sobre o tempo de espera, lá no Grupo de Adoção foi feita a seguinte pergunta: “Quem aqui, do RJ, capital está esperando – sem nunca ter sido consultado – indicação de criança há mais de 4 anos?” E ninguém disse “eu!” Então imagino que de 4 anos não passe. Principalmente se for qualquer sexo e qualquer cor. 😉

    Curtido por 2 pessoas

    1. Julia, acho que seu tempo de espera vai se resumir, basicamente, ao tempo que durar seu processo de habilitação. Depois disso vai ser só questão de encontrar seus filhos, oportunidades não vão faltar.
      E realmente não conheço muitas pessoas que passaram disso. No meu grupo teve uma mulher que estava há uns 5 ou 6 anos, mas porque ela queria só recém-nascida e menina. Mas agora ela já está com a filhinha dela.
      Muito obrigada por suas mensagens positivas! 🙂

      Curtir

  2. Olha, realmente pensar nisso não é muito confortável!
    Eu tento calcular quando vai sair a habilitação e quanto tempo consigo esperar depois disso..e sinceramente tento manter o pensamento mais positivo possível, com a menor espera (lógico que dentro dos padrões).
    Não me imagino mais 3 ou 4 anos sem filhos, mas também vai do seu planejamento de filhos, se a adoção não for o único planejamento, ou possibilidade, ou tiver chances de mudar o perfil, então acho que da para diminuir esse tempo sem filhos.
    Eu quero engravidar também, na verdade eu queria que tudo acontece junto ou muito próximo, então continuo otimista que será dentro do tempo que eu conseguirei suportar e esperar por eles 🙂 .

    Bjoooo.

    Curtido por 1 pessoa

      1. Simm, eu estou dando uma segurada por causa da adoção, queria adotar primeiro, mas nunca se sabe né.
        Você pensa em engravidar?
        Não falei sobre meu perfil não, está meio em aberto kkkk..mas a princípio até 4 anos, podem ser irmãos, 2 🙂 .
        Mas como não preenchemos ainda, não sei o que pode mudar né, só sei que queremos a casa cheia kkk.

        Bjooo.

        Curtido por 1 pessoa

      2. Ah, tudo bem.. esse momento é mesmo para definir essas coisas.. às vezes é melhor deixar em aberto mesmo, por enquanto, do que já ter uma ideia muito fechada.
        Eu mesma mudei de ideia… à princípio aceitaria até 4 ou 5 anos, mas depois decidimos por um bebê justamente porque não pretendemos engravidar.
        Mas se você mantiver esse perfil nem deve demorar tanto assim, né?
        Bjos…!!! 🙂

        Curtido por 1 pessoa

  3. Oie lindas!! ai diferente de vocês eu sou pessimista. Na minha cabeça é mais de 6 anos se pessoa quiser bebe. Pelo menos acredito ser a realidade de São Paulo. Na minha comarca tem gente na espera a 7 anos. Vi relato no Facebook de uma moça que esperou 9 anos pelo bebe dela 🙂

    Outro casal que conheço o perfil é até 3 anos… e estão já a 4 anos na fila. Então bem complicado acho aqui ser rápido (são paulo tem muiita gente na lista :/) Tanto que vc viu que é um dos estados mais adotam pelo CNA .
    Pelo menos a assistente daqui me disse que só vai para CNA depois de ter consultado na própria comarca, e no próprio estado. Ou seja, ela disse que praticamente só vai pro CNA grupos de irmão, crianças acima de 6 anos, e com deficiência.
    Meu perfil… to pensando em mudar novamente rsrs.. tinha posto 2 até 4 anos.. mas to pensando em mudar para 1 até 4 anos. A assistente social disse se eu por 2 será “rapido” ou seja uns 2 a 3 anos… se eu por 1 media 4 anos (ela disse que maioria deles tem irmãos).
    Sou muito nova… mesmo que levar 10 anos… vi muitos casais irem adotar com 40 anos ou mais… então eu acho que fui 11 anos adiantada rsrs… então no meu caso não tenho tempo máximo pra adoção.
    Agora pra engravidar eu acredito que meu limite de paciência é menor. Vamos ver né o que futuro nos reversa!!

    Super na torcida por todas vocês!!! bjos e linda semana!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Nossa senhora, Andressa… 7 anos acho que fico maluca! kkkkk
      Mas eu acho que além da idade, se o pretendente também escolher o gênero e a cor, aumenta bastante a espera. E o número de irmãos, com certeza.
      Mas a gente precisa tomar cuidado para não escolher o perfil só para ir mais rápido. Esse é o nosso dilema! rs
      De fato, a maioria dos pretendentes, pelo o que observo são mais velhos, mas eu entrei logo na fila porque quero ser mãe aos 30. O que significa que essa criança tem um ano para aparecer na minha vida! kkkk
      Eu estou mandando muitas energias POSITIVAS pra você!
      Bjos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s