Minha adoção · Nossa história

Minha escolha

Às vezes me pegunto de onde veio esse desejo avassalador pela adoção. E a explicação mais plausível talvez não seja racional, talvez venha de outra vida, do cosmo, do destino ou de Deus. Como se explica essa paixão, essa vontade de outra forma? Por que eu escolhi o caminho mais difícil? Por que eu escolhi ser alvo de tanto preconceito? Por que eu escolhi ter de explicar – toda vez – meus motivos? Por que escolhi contrariar os planos que minha família e a sociedade tinham para mim?

Às vezes acho que nunca vou ter paz por ter feito essa escolha. De um lado, tem as pessoas que não entendem por que eu quero adotar; de outro, tem as pessoas que querem impor a criança que devo adotar. Eu escolhi adotar um bebê. Simples assim. Uma escolha consciente e muito, mas muito bem pensada. Quero poder me sentir em paz com a decisão que tomei (me reservando o direito de mudar de ideia). E é isso que vou fazer a partir de agora: chega de culpa, chega de explicações.

Não sei, mas acho que tudo vai fazer sentido no momento em que o telefone tocar.

Anúncios

3 comentários em “Minha escolha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s